Open Site Navigation
Logo babu
  • Julio Sergio

WhatsApp no Brasil: pesquisa revela dados sobre o comportamento do brasileiro

O WhatsApp no Brasil é sinônimo de sucesso absoluto, sendo o aplicativo mais utilizado no país nos últimos anos. Além disso, mais de 2 bilhões de pessoas em 180 países também utilizam a plataforma.

Seja para enviar um meme em conversas casuais com os amigos, entrar em grupos da família, tratar de assuntos profissionais no trabalho, realizar ligações e até mesmo para fazer compras, ele está presente no cotidiano da grande maioria dos brasileiros.

Por ser um aplicativo prático e dinâmico que reúne diversas funcionalidades úteis no dia-a-dia, como mensagens instantâneas e chamadas de vídeo, sua popularidade se mantém constante no país.


Nesse sentido, para entender melhor o comportamento e preferências dos usuários do WhatsApp no Brasil, o Opinion Box fez uma pesquisa exclusiva sobre o assunto. Confira a seguir os principais insights.



Entenda o comportamento dos usuários do WhatsApp no Brasil


A pesquisa mostrou um dado impressionante: 99% dos usuários de WhatsApp abrem o aplicativo pelo menos uma vez ao dia, sendo que, desses, 35% deixam o aplicativo aberto o dia todo.

Em termos comparativos, na pesquisa realizada em 2021, o percentual de usuários que utilizavam o WhatsApp diariamente era de 86%.


Com relação aos recursos utilizados dentro do aplicativo, a maioria dos usuários usa o WhatsApp para trocar mensagens de texto e áudio, com 91% e 81% de utilização, respectivamente.

Além disso, a funcionalidade que atrai menos usuários são os Status (ou stories): apenas 37% dos entrevistados utilizam essa função. Em 2021, 54% utilizavam os status.

Como os usuários do WhatsApp se relacionam com marcas e empresas

Em janeiro de 2018 surgiu o WhatsApp Business, com o objetivo de ajudar as empresas a se conectarem com seus clientes. Ao longo desse tempo, a ferramenta tornou-se um poderoso canal de comunicação e vendas entre marcas e consumidores, seja para vender um produto ou oferecer o suporte necessário para o mesmo, por exemplo.

Os resultados da pesquisa comprovam o sucesso da funcionalidade: 80% dos respondentes afirmaram que se comunicam com empresas através do WhatsApp.

Nesse sentido, 66% já compraram algum produto ou contrataram algum serviço pela plataforma. Em 2021, a proporção era de 52%. É curioso notar que, entre as pessoas que já fizeram compras pelo app, 38% efetuaram nos últimos 12 meses. Isso tudo mostra o grande potencial de vendas que o WhatsApp pode proporcionar para uma empresa.

Além disso, existem outras finalidades para fortalecer a comunicação entre a empresa e o usuário via WhatsApp, como a opção de tirar dúvidas e obter suporte técnico.

Em relação às preferências dos usuários, 78% dos entrevistados consideram que tirar dúvidas e/ou pedir informações são as finalidades mais adequadas para se comunicar com uma empresa via WhatsApp. Em seguida no ranking vem o suporte técnico (69%) e receber promoções via WhatsApp (53%).


Chamadas de voz e vídeo no WhatsApp


Desde 2015, é possível realizar ligações de áudio e vídeo pelo WhatsApp mobile. Atualmente, também existe a opção de realizar chamadas pela plataforma no desktop.

Além disso, por se tratar de uma opção fácil, rápida e com a vantagem de não cobrar tarifas, por exemplo, ela é bastante explorada pelos usuários. Nesse sentido, entre os entrevistados que realizam chamadas de voz pelo WhatsApp, 77% utilizam o recurso pelo menos uma vez por semana e 17% fazem ligações diárias pelo aplicativo.

Além disso, 59% realizam chamadas de vídeo pelo menos uma vez por semana e 9% fazem todo dia.


Mais ligações pelo WhatsApp do que pela própria operadora?


É isso mesmo! A opção de chamadas de voz e vídeo tornou-se tão popular que chegou a ultrapassar o volume de chamadas feitas através da própria operadora. Afinal, é muito mais prático e econômico realizar ligações através do WhatsApp.

Nesse sentido, 60% dos entrevistados afirmaram que realizam mais ligações através do WhatsApp do que pelo plano de minutos ofertado pela operadora telefônica convencional.

No entanto, melhorias são necessárias: 37% consideram a qualidade das chamadas feitas pelo WhatsApp pior do que a das chamadas feitas pelo plano do celular e apenas 14% consideram melhor.


Grupos de WhatsApp no Brasil


Outra ferramenta disponibilizada pelo WhatsApp que é bastante utilizada pelos usuários são os grupos, devido à facilidade de poder se comunicar com várias pessoas ao mesmo tempo.

Nesse sentido, os grupos de amigos e família estão empatados no topo de preferência dos entrevistados. 74% afirmaram fazer parte de grupos com seus familiares e grupos com amigos.

Além disso, dos respondentes que trabalham atualmente, 56% fazem parte de grupos de trabalho. Isso levanta uma questão polêmica: trabalhar utilizando somente o WhatsApp como meio de comunicação pode ser prejudicial?

Ainda assim, alguns grupos podem ter um alto volume de mensagens, tornando-se difícil de acompanhá-las. Nesse sentido, 74% dos entrevistados afirmaram que já deixaram de fazer parte de um grupo, justamente pelo alto número de mensagens. Em 2021, a proporção era de 67%.

Os grupos também podem gerar polêmicas. 47% dos usuários disseram que já saíram de algum grupo por terem discutido com outros participantes.


Fake news no WhatsApp


As fakes news – informações falsas divulgadas principalmente nas redes sociais – também estão muito presentes no WhatsApp. Em uma tentativa de barrar a propagação de notícias falsas, a plataforma passou a limitar o encaminhamento simultâneo de mensagens para cinco conversas de uma vez.

Além disso, nas mensagens encaminhadas muitas vezes, o WhatsApp sugere que os usuários saibam mais sobre as mensagens que são frequentemente encaminhadas dentro do aplicativo.

Nesse sentido, representado por uma lupa, o recurso direciona as pessoas para pesquisas na web sobre o mesmo tema, o que também pode ajudar a reduzir a disseminação de informações ilegítimas.

De acordo com a pesquisa, as fakes news infelizmente ainda são bem difundidas pela plataforma: 34% recebem muitas fake news no WhatsApp. Além disso, 76% acham que as fake News enviadas por WhatsApp podem influenciar negativamente as pessoas.


Whatsapp no Brasil: sobre a pesquisa


A pesquisa foi realizada com 2.015 usuários do WhatsApp em todo o Brasil que fazem parte do Painel de Consumidores do Opinion Box. A margem de erro é de 2,1pp.

Achou os dados da pesquisa interessantes e quer saber mais detalhes sobre ela? Acesse agora o infográfico completo da pesquisa sobre o WhatsApp no Brasil.


FONTE: OPINION BOX


3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo